imagem18-10-2020-10-10-25

Sem querer: Nathan e Dion Hrushkin foram os responsáveis pela descoberta do artefato de 69 milhões de anos (NATURE CONSERVANCY OF CANADA/Divulgação)

Um garoto de 12 anos descobriu um fóssil raro de um dinossauro de 69 milhões de anos. A descoberta foi feita em julho deste ano, mas divulgada somente agora quando a escavação foi totalmente concluída. O fóssil foi encontrado em um parque de Alberta, no Canadá.

O adolescente em questão é Nathan Hrushkin. Em entrevista para a BBC, ele disse que tomou uma surpresa com a descoberta feita enquanto caminhava com seu pai em um parque da cidade canadense. “Eu nem cheguei a ficar animado. Fiquei em choque”, afirmou.

Após o passeio, Nathan e seu pai entraram em contato com o Museu Real Tyrrell, de Alberta. O local é dedicado a estudos de itens e fósseis pré-históricos. Depois disso, uma equipe de pesquisadores do museu foi até o local indicado por Nathan e começou a escavação.

 114917161 firstbonediscoveredonnodwellproperty Esqueleto raro foi encontrado em um parque de Alberta, no Canadá

Esqueleto raro foi encontrado em um parque de Alberta, no Canadá (NATURE CONSERVANCY OF CANADA/Divulgação)

Ao longo do processo paleontológico, os pesquisadores perceberam que os fósseis em questão se tratava de partes do esqueleto de um jovem hadrossauro, que tinha entre três e quatro anos de idade. Foram encontrados entre 30 e 50 ossos que são considerados raros.

De acordo com François Therrien, curador de paleontologia do museu de Alberta, a descoberta poderá ajudar os pesquisadores a entenderem mais detalhes sobre a evolução dos dinossauros e os motivos pelos quais eles viviam nesta região do planeta.

Veja também

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here