imagem16-10-2020-18-10-51

Obra de John Chamberlain  (Divulgação/Divulgação)

Manifestações culturais envolvendo automóveis me interessam. Tenho até um projeto de mapear esses trabalhos e seus artistas, que eu nomeei “Car & Fun: o carro na arte, a arte no carro”. Sempre que eu encontrar algo interessante para dividir, trarei aqui.

Veja também

Vou estrear este tema apresentando o escultor norte-americano John Chamberlain (1911-2011), que ganhou notoriedade no mundo das artes a partir da década de 1960. Seus trabalhos, hoje espalhados por museus mundo afora, eram criados a partir de aço moído ou de peças de carros retorcidas. Agia de forma intuitiva, sem um projeto inicial, uma forma de criação que remetia ao Expressionismo Abstrato. Tempos depois, ele começou a trilhar pela Pop Art, fazendo companhia a Andy Warhol e seus contemporâneos, chamando ainda para si os holofotes.

 

IMG 3700 Escultura de John Chamberlain

Escultura de John Chamberlain (Divulgação/Divulgação)

As peças de Chamberlain nem sempre podem ser chamadas de belas, mas certamente são intrigantes, estimulando o observador a tentar entender como se deu aquela engenhoca estética. Foi o que correu comigo quando as vi de perto, no Museu de Arte Contemporânea de Loas Angeles, que atende pelo simpático nome de Moca. Não resisti fotografá-las, como mostram a imagem aqui.

Veja também

Chico Barbosa é jornalista com dourado em comunicação e semiótica, escritor e editor da CBNEWS. Instragram: @chico.barbosa

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here