futebol; bola; esportes

Futebol: decisão segue recomendação do Centro de Contingência do Coronavírus (Fernando Torres/CBF/Agência Brasil)

O governador de São Paulo, João Doria, disse hoje (23), que não vai liberar a volta de torcedores aos estádios de São Paulo a partir de outubro, como pretende a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A decisão foi baseada em recomendação feita pelo Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, que votou de forma unânime pela não realização de jogos com público nos estádios de São Paulo.imagem24-09-2020-00-09-53imagem24-09-2020-00-09-54

“O comitê concluiu, em reunião ontem, que o cenário atual da pandemia em São Paulo não permite a retomada de público em eventos associados a grandes aglomerações, como partidas de futebol e de qualquer categoria”, disse José Medina, coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo, justificando a decisão.

Veja também

“Essa é uma decisão técnica baseada no fato de que o estado de São Paulo ainda permanece em quarentena, recomendando rigor no isolamento, distanciamento social e uso de máscara. Segundo, que a prevalência da doença ainda está em patamares elevados no estado e, terceiro, porque nesses eventos ocorre um fluxo de pessoas de diferentes origens geográficas, com prevalência diferente das doenças, produzindo aglomerações difíceis de serem moduladas para garantir o distanciamento recomendado. Também ocorre muita movimentação de pessoas ao redor dos estádio”, acrescentou ele, dizendo que as partidas em São Paulo serão mantidas sem público.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, os jogos de futebol chegaram a ser suspensos em todo o país. Em São Paulo, as competições retornaram em julho, mas os jogos são realizados sem a presença de público e somente em estádios de cidades paulistas que se encontram na Fase 3 – Amarela do Plano São Paulo. Neste momento, todo o estado de São Paulo se encontra nessa fase amarela.

Nesta semana, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) teve aprovada, pelo Ministério da Saúde, a sua proposta de retorno do público aos estádios de futebol do país a partir de outubro. O Ministério da Saúde aprovou o retorno de até 30% da capacidade de público nos estádios, com a condição de que cada estado e município realize seus protocolos e adote as medidas sanitárias adequadas para receber esses torcedores.

Veja também

Um dos objetivos da CBF é de que o jogo da seleção brasileira contra a Bolívia, pelas Eliminatórias da Copa, no dia 9 de outubro, possa ter público.

Amanhã (24), a CBF informou que vai se reunir com os clubes da séria A do Campeonato Brasileiro para decidir sobre a volta do público nos estádios. A entidade disse que também pretende conversar com as autoridades estaduais e municipais.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here