Jogos

Jogos: Amazon agora terá serviço de streaming de games (Getty Images/Reprodução)

A Amazon entrou em um novo negócio nesta quinta-feira: os games via internet. A empresa, que já é dona da plataforma de transmissões de jogos Twitch, anunciou o serviço de streaming de jogos chamado “Luna”. Com ele, o jogador não precisa ter um console para jogar games. O serviço nasce para rivalizar com plataformas como a Cloud Gaming, da Microsoft, o Google Stadia, do Google, e o Apple Arcade, da Apple.

Já existiam rumores do serviço desde o ano passado, e tudo era noticiado com o codinome de “Tempo”. Esse é mais um passo da Amazon no mundo dos jogos, visto que a empresa já disponibiliza, por meio da assinatura Prime, o Prime Gaming – serviço que oferece prêmios exclusivos e bônus em um catálogo grande de jogos eletrônicos.

A plataforma Luna custará, inicialmente, 5,99 dólares por mês e permitirá que o usuário utilize dois dispositivos simultaneamente. Até o momento, foi anunciado que a plataforma estará disponível para computadores (Windows e Mac), Fire TV, iPhones e iPads. A versão para Android virá um pouco depois.

De acordo com a empresa, os jogos rodarão em uma qualidade de 4K e 60 quadros por segundo (fps). Alguns dos títulos já anunciados estarão disponíveis em canais de jogos, dentro do “Luna+”, e são eles: “Resident Evil 7”, “A Plague Tale: Innocence”, “Abzu”, “Control” e “The Surge 2. Para poder jogar, os usuários terão que utilizar o controle próprio da Luna, que custará 50 dólares durante o período de testes.

Imagens publicadas nas redes sociais mostram o visual do controle do Amazon Luna para games, veja a seguir.

A look at Amazon Luna's controller:https://t.co/mztlueAchF pic.twitter.com/qAbClcPjgY

— Shinobi602 (@shinobi602) September 24, 2020

O controle do Luna funciona por meio dos comandos de voz da Alexa, e a Amazon acrescenta que o controle funciona melhor deste modo do que por conexão Bluetooth.

Os primeiros a receberem a versão testes do Luna serão os residentes dos Estados Unidos, ainda sem data divulgada. Também não foram reveladas informações sobre o lançamento do serviço no Brasil.

Veja também

Nova geração

Apesar da tendência cada vez mais forte de transmissão de jogos via internet, especialmente vindo de empresas que têm divisões de computação em nuvem, como a Amazon Web Services e a Microsoft Azure, as empresas continuam a apostar nos tradicionais consoles.

A própria Microsoft, que tem não só o xCloud como o Xbox Game Pass, anunciou um novo Xbox para rivalizar com o arqui-inimigo PlayStation 5, anunciado pela Sony neste mês.

Se o fim dos consoles está próximo, os aparelhos têm, ao menos, mais uma geração pela frente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here