Locaweb IPO

Locaweb já triplicou seu valor de mercado desde que estreou na B3 (Cauê Diniz/B3/Divulgação)

A Locaweb, que atua com serviços de internet no Brasil, anunciou nesta quarta-feira, 23, a aquisição da empresa Social Miner Internet. Fundada em 2014, a companhia atuava com tecnologias de inteligência artificial e big data para impulsionar varejistas na venda de produtos e serviços pela internet. O negócio foi fechado em 22 milhões de reais.

A empresa informou que a compra da Social Miner se deu pela empresa possuir uma plataforma que permite impactar o usuário no momento e com a mensagem certa para que ele realize uma compra. Essas táticas ajudam a reduzir o custo de mídia dos clientes e diminuem os gastos com a aquisição de novos clientes.

Esta foi a primeira aquisição da Locaweb desde seu processo de abertura de capital, em fevereiro deste ano. “Fomos extremamente cautelosos e avaliamos centenas de empresas para chegarmos até a Social Miner”, diz Cirne. Entre seus clientes, a Social Miner já prestou serviços para empresas como Natura, Wine, Kabum! e RaiaDrogasil.

Veja também

A compra da Social Miner faz parte de um projeto a longo prazo de aquisições da Locaweb e que foi detalhado em seu prospecto de abertura de capital. “Eu fiz o IPO e peguei dinheiro para fazer aquisições. Agora é preciso entregar”, disse Fernando Cirne, em entrevista recente e exclusiva para a EXAME. Mesmo com a pandemia, a companhia prevê acelerar esse plano.

Desde que abriu o capital, no começo deste ano, a Locaweb vem surfando em bons resultados. A empresa que atua com mais força no mercado B2B viu o valor de suas ações triplicar desde que estreou na B3, a bolsa de valores brasileira. Nesta quarta-feira, após queda de 2,73% no pregão, a companhia terminou o dia avaliada em 7,3 bilhões de reais.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here