imagem23-09-2020-00-09-13Feira do Guará em breve estará ainda mais bonita e convidativa | Foto: Acácio Pinheiro / Agência Brasília

O ano de 2021 promete ser movimentado e com várias placas do GDF espalhadas pelo Guará – principalmente a tradicional “Desculpe o transtorno, estamos em obras”. Nesta terça-feira (22), um pacote com 11 obras previstas até 2022 foi anunciado em cerimônia na administração regional, em trabalho que envolve as secretarias de Economia, de Cidades, de Educação, de Juventude e de Obras e Infraestrutura, além da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). O total do investimento é R$ 80 milhões, valor a ser imediatamente aplicado e durante os próximos dois anos.

Os benefícios para a população do Guará, que reúne mais de 170 mil pessoas, serão diretos. No conjunto de obras estão previstas a modernização da tradicional Feira do Guará, a duplicação da via de ligação da cidade ao Núcleo Bandeirante, a revitalização dos parques Ezechias Heringer e Denner, a reforma dos campos sintéticos, a cobertura de toda as quadras poliesportivas das escolas públicas e a construção da nova sede do Centro Interescolar de Línguas do Guará (Cilg).

“Sabemos que uma gestão não tem resultados se não houver integração. Nesta gestão é o que vemos: aproximação e diálogo entre todos os agentes do governo”Luciane Quintana, administradora do Guará

Também estão no radar a construção de duas creches, a concepção de um espaço dedicado aos jovens na Casa da Cultura, a nova base do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) e a Arena Guará. Os recursos são do Executivo local e de emendas parlamentares do deputado distrital Delmasso.

Segundo a administradora do Guará, Luciane Quintana, o maior desafio do pacote é a construção de novos espaços e a revitalização da Feira do Guará, que se dará no âmbito do Programa Feira Legal e conta com R$ 40 milhões para custeio dos serviços. O projeto inclui troca de telhado, construção de mezanino para todas as bancas e reforma dos banheiros, entre outras intervenções. “É uma demanda muito antiga da comunidade, porque muitas pessoas dependem da feira para sustentar suas famílias e gerar empregos”, resume Luciana.

A Novacap estará à frente do conjunto de obras na Feira do Guará. Também está a cargo da companhia a reforma dos parques Ezequias Heringuer e Denner.

Leia também

imagem23-09-2020-00-09-25

Guará vai ganhar novas praças, quadra poliesportiva e estacionamento

GDF vai investir R$ 300 milhões em obras

Presidente da Novacap, Fernando Leite esclarece que toda a modernização do complexo será de acordo com a tradição que a feira carrega. “Vamos transformá-la em um mercado, mais modernos e atrativo”, vislumbra.

Durante a cerimônia, Luciane Quintana elogiou a parceria entre as pastas e o apoio do deputado Delmasso. “Sabemos que uma gestão não tem resultados se não houver integração. Nesta gestão é o que vemos: aproximação e diálogo entre todos os agentes do governo”, sintetizou a administradora do Guará.

Por sua vez, o secretário de Economia, André Clemente, fez menção ao estilo de gestão do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha. “Uma orientação do governador é cuidar das cidades e das pessoas, e para realizar precisamos do suporte das administrações. Elas são o elo com a comunidade. Estamos trabalhando nas definições da administração, que conhece bem as demandas [da população]”, destacou André.

imagem23-09-2020-00-09-27Integração entre órgãos do GDF assegura sucesso dos projetos | Foto: Acácio Pinheiro / Agência Brasília

Educação, esporte e lazer

A construção do novo Cilg, tarefa que cabe à Secretaria de Educação, custará R$ 200 mil. Com a obra, a pasta vai dobrar a capacidade de atendimento do centro de línguas – das atuais 3,6 mil vagas para 7,2 mil no próximo ano.

“Com isso vamos atender toda a comunidade do Guará, que tem sede e vontade de conhecimento em línguas”, afirmou o secretário de Educação, Leandro Cruz.

Ele anunciou também a construção de duas creches na EQ 17/19 e outra na QE 38, em um total de R$ 4 milhões em investimentos que beneficiarão as mães da região. Para completar o pacote de oportunidades de estudo e qualidade de vida, serão cobertas todas as quadras poliesportivas das escolas públicas, com aporte de R$ 20 milhões, e reformados os campos sintéticos, ao custo de R$ 4 milhões. Ambos os serviços serão executados pela Novacap.

Capacitação

A Secretaria de Juventude do DF vai doar 15 computadores para administração regional com o objetivo de criar a Arena Guará, onde a comunidade terá livre acesso aos equipamentos com acesso à internet. Em um segundo momento, a ideia é que o espaço ofereça cursos profissionalizantes.

R$ 11 milhõesserão investidos na duplicação da via de ligação ao Núcleo Bandeirante

Secretário de Juventude, Kedson Rocha lembra que a pasta organizará um ambiente dedicado aos jovens na Casa da Juventude da Cultura. “Essa parcela da população conhecida como nem-nem – nem estuda e nem trabalha – merece mais oportunidade para se profissionalizar. E é o que faremos em breve”, informou Kedson, com a ressalva de que tais projetos não vão onerar os cofres do GDF.

192

Outra obra muito aguardada é a construção da nova base do Samu no Guará (192), em ponto estratégico no DF. Segundo informações da administração regional, o começo das obras está previsto para o início de 2021.

Trânsito

A Secretaria de Obras e Infraestrutura do DF será a responsável pela duplicação da estrada de ligação ao Núcleo Bandeirante, algo que vai proporcionar mais fluidez ao trânsito. Trata-se de outra antiga demanda dos moradores.

Serão investidos R$ 11 milhões nessa duplicação. Além de servir de ligação entre as duas regiões administrativas, a pista faz conexão com outras importantes vias do DF.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here