imagem21-09-2020-22-09-12

Alimentação: na contramão da inflação, preço dos alimentos subiu no últimos meses e pesou no bolso dos brasileiros (Uber Eats/Divulgação)

Quarenta reais. Geralmente era possível ir ao mercado e comprar alguns itens com esse valor. Mesmo que não muitos, ainda assim alguns itens, no plural.

Pelo menos era o que o brasileiro estava acostumado. Agora, dependendo do supermercado, você consegue comprar apenas um pacote de arroz. Nada além disso. 

Um levantamento feito pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, na USP, mostra que a alta do arroz chega a 100% em 12 meses.

Por outro lado, a inflação subiu apenas 2,44% em 12 meses. A inflação, que é basicamente a alta de preços, é medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA.

A alta nos preços dos alimentos atingiu em cheio o bolso da população. Na contramão, a inflação oficial do país está abaixo da meta estipulada pelo governo. Como isso é possível?

No episódio #004 do Exame Agora, nós conversamos com economistas para entender porque o preço dos alimentos subiu tanto, e se em algum momento eles vão voltar ao que nós estávamos acostumado. 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here