imagem17-09-2020-15-09-55

Ação ocorre nos semáforos da cidade com foco na divulgação dos serviços de saúde mental

 

ÉRIKA BRAGANÇA

 

Em alusão ao Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio, a Região de Saúde Oeste faz ação nesta quinta-feira (17), para sensibilizar e informar sobre os serviços em saúde mental que a região oferece. A atividade ocorre nos semáforos da avenida principal de Ceilândia. No local, 16 servidores e residentes exibem faixas e distribuem kits informativos para os motoristas.

 

imagem17-09-2020-15-09-56

Ação foi desenvolvida por servidores do Caps AD de Ceilândia e residentes de saúde mental – Foto: Divulgação/SES-DF

Devido à pandemia e a dificuldade de realizar ações internamente nas unidades com público, a ideia dos servidores e residentes foi levar as ações para um local em que fosse aberto e tivesse uma maior circulação de pessoas, sem aglomeração. Os kits entregues nos semáforos contêm informações e contatos das unidades que atendem a localidade e o telefones de emergência como o Centro de Valorização à Vida (CVV) – Quero conversar, que possui telefone, chat e salas on-line para ajudar as pessoas.

 

Marciene Queiroz, médica e gerente do Caps Ad de Ceilândia conta sobre as conquistas do mês de setembro na unidade que presta serviço há 12 anos. De acordo com a profissional, os atendimentos aumentaram e todos foram orientados a abordar o tema diariamente. Desde os atendimentos individuais quanto aos internos.

 

“Este é um momento de valorização da vida e de muito trabalho de sensibilização porque é um tema delicado que exige um tratamento nas informações. Diferentemente dos outros anos, esse exigiu uma estratégia nova que não envolvesse aglomeração. Nosso principal objetivo foi alcançar o maior número de pessoas sem ferir o distanciamento que a Covid-19 exige. O trânsito foi essa opção e o momento que podemos marcar de forma positiva a atuação da saúde junto à população com contatos de onde essa pessoa pode procurar ajuda na rede pública”, explica.

 

imagem17-09-2020-15-09-58

Kits entregues aos motoristas nos semáforos de Ceilândia – Foto: Divulgação/SES-DF

O Caps Ad Ceilândia também recebeu painéis informativos e cartazes com dizeres que valorizam a vida. As pessoas já chegam e têm uma informação que dá esperança. A gestão da unidade comemora a ação e elogia os profissionais engajados. Rogério Tavares, diretor da Atenção Secundária da Região de Saúde Oeste, destaca o empenho dos profissionais em chegar até a população e trabalhar o tema de maneira assertiva.

 

“São ações como essa que ajudam a dar visibilidade às nossas unidades de atendimento. Hoje, de alguma forma, estamos ajudando alguém mesmo que para o futuro, passamos a informação sobre os nossos atendimentos e unidades de apoio. Nosso Caps funciona 24 horas e aumentamos o número de atendimento mesmo com a pandemia. Além disso, recebemos cestas básicas para pacientes e internados que ficam até 14 dias para desintoxicação. Colocamos faixa, cartazes e informações sobre valorização da vida e dicas de saúde mental”, afirma.

 

As ações do Setembro Amarelo continuam nas unidades da Secretaria de Saúde sob a orientação da Diretoria de Serviços de Saúde Mental que realiza, a partir desta quinta-feira, a IX Jornada de Prevenção do Suicídio do DF, de forma on-line, pelo canal do Youtube Por + Saúde Mental. O trabalho visa o fortalecimento da atuação das redes de atenção à saúde na prevenção ao suicídio.

 

Veja a programação completa:

 

imagem17-09-2020-15-09-02

Érick Alves

 

EDIÇÃO: JOHNNY BRAGA

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here