Contrabando

Contrabando: mercado dos cigarros é um dos mais afetados (Reprodução/Agência Brasil)

Sabe quanto o Brasil perde todos os anos para o comércio ilegal? Em 2019, os prejuízos somaram R$ 291,4 bilhões. O valor calculado pelo Fórum Nacional Contra a Pirataria e a Ilegalidade é a soma das perdas registradas por 15 setores industriais e a estimativa dos impostos que deixaram de ser arrecadados.

O mercado dos cigarros é um dos mais afetados: 6 em cada 10 consumidos no país são ilegais. A evasão causada pelo contrabando de cigarros, vindos principalmente do Paraguai, já é maior do que toda a receita tributária arrecadada pelo setor. Mas os desafios com o mercado ilegal vão além dos prejuízos financeiros.

O contrabando é um dos braços do crime organizado e ajuda a financiar o tráfico de armas e drogas. O Ministério da Justiça e da Segurança Pública tem intensificado a repressão, com ações de inteligência e mais vigilância nas fronteiras. Em abril do ano passado, foi lançado o VIGIA – o Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas. A guerra, porém, ainda está longe de ser vencida. E os consumidores têm um papel importante no enfrentamento a esse tipo de crime.

Todas essas questões serão debatidas com especialistas na live promovida pela Bússola, na próxima terça, 15 de setembro, às 12h. Participarão do evento Edson Vismona, presidente do Fórum Nacional Contra a Pirataria e Ilegalidade; Eduardo Bettini, Coordenador-geral de Fronteiras da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça e Segurança Pública; e Pery Shikida, economista, professor da Universidade Estadual do Oeste do Paraná e membro do Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária.

Para assistir e mandar suas perguntas, inscreva-se aqui.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here