Coronavírus – Transporte público, Pontos de ônibus na região da Avenida Paulista x Consolação. São Paulo – SP. Foto: Roberto Parizotti.

Coronavírus: casos no Brasil têm diminuído (Roberto Parizotti/Fotos Públicas)

Depois de três meses no patamar de mil mortes diárias, a curva de casos do coronavírus no Brasil entrou, enfim, numa trajetória descendente. A taxa média atual, abaixo de 700 óbitos por dia, ainda é alta, mas a análise da média móvel das últimas semanas revela uma queda consistente e sustentável. Na maioria das grandes cidades brasileiras, o crescimento da doença está desacelerando.

A descida da curva, porém, deve ser acompanhada com cautela, sem relaxar as medidas de prevenção. Principalmente agora que a suspensão dos testes com a vacina da Universidade de Oxford e do laboratório farmacêutico AstraZeneca, uma das mais promissoras, indica que a imunização pode levar mais tempo.

Com mediação do jornalista Rafael Lisbôa, o bate-papo sobre os sinais de desaceleração da Covid-19 no país e os riscos de uma segunda onda reúne Gabriela Wolthers, sócia-diretora da FSB, Marcelo Tokarski, sócio-diretor do Instituto FSB Pesquisa, e o analista político Alon Feuerwerker. A edição é de Guilherme Baldi.

Escute abaixo o episódio, e ainda pelo Spotify ou Apple Podcasts.

O Podcast A+ faz parte da plataforma Bússola, uma parceria entre a Revista Exame e o Grupo FSB.

 

 

arte epidsódio 27 A+

– (Bússola/Divulgação)

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here