O Sol Nascente vai ganhar novos edifícios onde os moradores serão famílias beneficiadas pelo programa habitacional do GDF, o Habita Brasília. Elas poderão comprar a casa própria por um valor até 30% abaixo do mercado graças a um subsídio dado pelo governo. A Quadra 105 da nova região administrativa vai abrigar um condomínio com 420 apartamentos para famílias com renda a partir de R$ 1.800,01.

O novo empreendimento habitacional será construído pela Construtora UNIK Engenharia, que ganhou a licitação promovida pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab-DF). Os 2,5 mil melhores classificados da lista de habilitados da Codhab com renda familiar entre R$ 1.800,01 e R$ 2.600, que corresponde à faixa 1,5 do programa, foram indicados para aquisição de unidade no empreendimento.

Essas famílias deverão aguardar o contato da construtora ou agendar atendimento diretamente pelo telefone 99806-5685. Depois de fazer uma pré-análise na documentação dos interessados, a construtora vai encaminhá-los para obtenção de financiamento junto à instituição financeira.

Atualmente, 400 mil famílias do DF estão inscritas na Codhab interessadas em adquirir a casa própria e 104 mil estão habilitadas para participar do programa habitacional aguardando o imóvel. “Este é mais um empreendimento que visa atender o déficit habitacional do DF cumprindo uma determinação do governador Ibaneis Rocha de tratar com dignidade e respeito aqueles que mais precisam. Além de entregar casas, isso é a realização de sonhos de famílias que aguardam há muitos anos por esse momento”, afirma o presidente da Codhab, Wellington Luiz.

O condomínio será construído em um terreno cedido pela Codhab. Assim, os beneficiários pagarão apenas pela construção dos imóveis. Graças ao subsídio, as unidades de dois quartos, de 56,69 metros quadrados, estão sendo ofertadas por R$ 111 mil. Os apartamentos de três quartos, de 68,36 metros quadrados, custam R$ 126 mil. Além dos quartos, os apartamentos são compostos por sala, cozinha e banheiro. Serão seis condomínios com 36 prédios de quatro andares.

O contrato entre a Codhab e a UNIK Engenharia foi assinado em julho e a empresa tem 6 meses para começar as obras. O prazo contratual para a conclusão da construção é de 18 meses depois que as obras forem iniciadas.

Mas a intenção é antecipar a entrega do empreendimento, a exemplo do que aconteceu em Samambaia, quando um prédio com 92 apartamentos erguido pela mesma construtora foi entregue antes do prazo estipulado. A obra deveria ter sido feita em três anos, mas foi finalizada em um ano e cinco meses. “Esperamos termos esse empreendimento pronto até meados de 2022”, afirma João Monteiro, diretor de Produção da Codhab.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here