Tweet que anuniou morte do ator de Pantera Negra foi recorde

Chadwick Boseman como o ‘Pantera Negra’, da Marvel: “Wakanda Forever” (Matt Kennedy/Marvel Studios/Divulgação)

O tweet da página de Chadwick Boseman, astro de ‘Pantera Negra’, que anunciou sua morte, na sexta-feira, foi o de maior repercussão da história. A informação foi confirmada pelo próprio Twitter, que publicou a mensagem “um tributo digno de um rei”. Em menos de 24 horas, a página recebeu mais de 6 milhões de likes, e com isso superou com folga o recorde anterior, de 2017, que pertencia ao então presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. O ator faleceu aos 43 anos, em Los Angelas, Califórina.

Em 2016, Boseman foi diagnósticado com um câncer de cólon. A mensagem em sua página informava que ele trabalhou nos últimos quatro anos, alternando filmagens com cirurgias e tratamentos quimioterápicos. O dignóstico chegou no mesmo ano em que foi selecionado para dar vida ao Rei de Wakanda, no filme “Capitão América: Guerra Civil”. Ele nunca havia falado sobre sua doença em público.

Veja também

O filme “Pantera Negra” se tornou uma das maiores bilheterias de filmes de super-heróis da história do cinema, com faturamento de 1,3 bilhão de dólares em bilheteria. Para comparação, “Vingadores: Guerra Infinita” acumulou bilheteria de 2 bilhões de dólares e o último dessa saga da Marvel, “Vingadores: Ultimato” foi a maior bilheteria do cinema de todos os tempos ao arrecadar 2,8 bilhões de dólares em receita no mundo todo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here